Precisamos falar sobre Rafael e Andrieli.


Esse é o texto que eu gostaria que você lesse, seja você a pessoa principal da história ou um seguidor meu das redes sociais.
Esse post tem como alvo Três pessoas: Um amor meu, Uma amizade minha, e você... sim você que por algum motivo veio parar aqui. Eu não sou escritora, unica coisa que eu sei falar na vida é de moda então paciência , mas não desiste de ler.
Meu amor terá o nome de Rafael, e minha amizade de Andrieli. Talvez você não entenda de inicio, mas confia em mim eu vou chegar a alguma lugar com toda essa ladainha.

Carta que eu espero que você Meu amor Rafael Leia:
"Há algum tempo, desde 13 de agosto sendo mais exata, de alguma forma os outros são só outros na minha vida e só. Eu to anotando aqui todas as noites que tu tirou meu sono pra te cobrar depois. Até Marília Mendonça passei a ouvir pensando em você, que culpa eu tenho se ela entende melhor meus sentimentos do que eu mesma. Dou risada feito idiota com mensagens sua no meio da aula, mesmo com aquele monte de erro de português eu amo receber. O ruim de ter provado seu beijo é que de agosto pra cá fiquei procurando em outros beijos  a mesma sensação e não achei. É muito bom olhar pra você e pensar "gostoso da porra, como eu gosto de você, caralho, merda, te odeio, vou quebrar sua cara, que linda a boca, te amo".
E não é que você rapaz conseguiu desgraçar mesmo minha cabeça"

Carta que eu espero que você Minha amiga Andrieli Leia:
"Você se distanciou de pessoas que querem seu bem, que torcem por você, simplesmente pelo motivo acima, por achar o cumulo do ridículo "sentir demais" e demostrar. Provavelmente quando leu a primeira carta já julgou o quanto eu to sendo ridícula escrevendo isso. Quem comemora o fracasso dos outros provavelmente não tem nenhum sucesso pessoal pra ficar feliz consigo mesmo. Quem tem necessidade de expor pra todos que é forte e consegue viver sozinho é porque não consegue. O que é internalizado não necessita ser comunicado. Dizem que amigos verdadeiros passam longos períodos brigados pelo menos uma vez na vida, mas depois voltam a se falar quando notam o quão vazio a vida de cada um é sem o outro. Eu e aquelas outras já notamos esse vazio e falta a algum tempo, mas você com seu orgulho ainda não".

Onde eu quero chegar com essas cartas? O fato é. Quantas andrieles nós não conhecemos? Seja uma amiga, um amigo, um crush. O destinatário da minha primeira carta por exemplo, Rafael, que eu to quase fazendo um boletim de ocorrência por roubar minhas noites de sono, as vezes me faz acreditar que também pensa assim. Quantas pessoas não acham coisa de gente fraca expor amor e sentimentos. Mas fraco minha amiga, é quem não sabe sentir. Fraco é quem guarda sentimento num pontinho pra usar em uma oportunidade especial, que as vezes nunca chega.

De um tempo pra cá, de acontecimentos bastante tristes pra cá... Descobri que as pessoas morrem sem saber o quanto eram amadas, sem saber a dimensão do que significa pros outros.

Eu sou uma pessoa muito intensa, ou eu vou amar muito a outra pessoa, mas muito mesmo, ou simplesmente não vou. Se não for pra enlouquecer de amor eu nem quero. Eu sempre vou estar apaixonada, amor não mata ninguém, mas o vazio...esse sim mata. Eu não tenho mais medo de nada nessa vida... aprendi da pior forma o quanto é importante chegar em uma pessoa sem medo e dizer que tem saudades dela ou que lembrei dela.

Talvez a teoria de Andrieli realmente venha acontecer. Talvez eu esteja fazendo papel de ridícula acreditando e ficando feliz com as declarações cheias de erros de português, mas e dai? Não vai ser a primeira nem a 40° vez que isso acontece ou não se lembra do meu ex que me largou no dia do meu aniversário, ou do outro que me trocou por um homem, ou o outro que se apaixonou pela minha amiga... Acontece,não tem porque eu me sentir mal por não ter saído tudo como e planejei, minha parte eu fiz, pelo menos não vou deitar a cabeça no travesseiro e pensar o que poderia ter acontecido se eu tivesse feito ou dito algo. Antes transbordar amor do que ser vazia dele.

Costumo comparar amores com tatuagens. Muitos querem fazer, mas o medo de arriscar o impede. É porque talvez ela se arrependa, é porque talvez a sociedade vá julgar, é porque talvez vai doer, é porque alguém não vai gostar. Essas pessoas provavelmente são assim com sentimentos também. Só os fortes acabam fazendo, não ligando pra nada ao seu redor apenas pra sua própria felicidade, em ter feito algo que queria.
Orgulho e medo de arriscar pode fazer você evitar dizer coisas boas que fazem o dia de alguém feliz. Ninguém aprende nada sobre dor estando de férias  em uma ilha paradisíaca tomando água de coco. Aprendemos levando alguns socos da vida. Não da pra ficar preso a ideia de que fracassamos nela só porque as coisas não saíram como planejamos. A vida é dar a cara a tapa.

Uma vez Rafael reclamou comigo sobre o medo de viver uma "mesmice" a mesma rotina sempre. Meu amor, a vida não precisa ser só trabalhar, ganhar dinheiro, e vomitar felicidade falsa pras pessoas. Você não precisa de muitas mulheres, muito dinheiro, muitos amigos pra ser feliz... Precisa do suficiente.
A gente não precisa de todos esses excessos que achamos que precisamos.
O fato é que quem quer muito acaba ficando sem nada.


Com tanta coisa pra arriscar e viver a gente vai gastar tempo com briga?
Que nossas brigas Rafael, termine na cama como a de sábado. Se for reciproco como você costuma me dizer que é assuma uma postura, damos um jeito. Você sabe eu sempre dou um jeito. E se não for que pena, obrigado por ser uma das minhas saudades mais felizes. Lembre se que eu sempre vou estar com você nas suas horas mais difíceis, e nas suas noites mais escuras.
Que nossas brigas Andrieli, termine em frente a faculdade  depois da aula como fazíamos antigamente. Você ta perdendo de viver coisas boas por um orgulho bobo que não te leva a nada, a não ser ao seu quarto escuro sozinha. E quando alguém partir seu coração estaremos lá pra te ajudar a catar cada pedacinho e colar cada um deles de volta. Porque é isso que amigos fazem. Lembre se que suas palavras são balas e sua boca é uma arma. Atire flores pra receber flores. 

Você terceira pessoa, não se esconda como se amar fosse errado, ilegal, vivendo via dupla, sendo vazia ou pela metade. O dia acorda sorrindo quando a gente entende o valor de cada coisa que acontece na nossa vida e de cada pessoa que entra nela também. E se não der certo? Coloca a culpa no seu signo, faz piada sobre tudo isso, cria uma conta no twitter e faz um meme sobre a situação.
"E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música".
Você colhe o que planta, pode ser ocasiões diferentes, com pessoas diferentes... Tudo que vai realmente volta, lição aprendida, pode passar pra próxima. 
Seja amor antes de reclamar da falta dele. 
Já dizia Mario Quintana: É tão bom morrer de amor e continuar vivendo.
Tecnologia do Blogger.